ServiceRanger4

SixSigmatas





Artigos - Mecânica

ServiceRanger4 by on

Diagnóstico de Transmissões Automatizadas Eaton


O Service­Ranger4 é uma fer­ra­men­ta pa­ra di­a­g­nós­ti­co de veí­cu­los que pos­suam pro­du­tos Eaton co­man­da­dos e­le­tro­ni­ca­men­te, como as trans­mis­sões au­to­ma­ti­za­das que, no Brasil, equi­pam veí­cu­los In­ter­na­tio­nal 9800i e Ford TorqShif.

Tela de inicialização do ServiceRanger4 mostrada em um notebook.
ServiceRanger4 conectado ao veículo em diagnóstico

Atualmente na versão 4, é um pro­gra­ma para com­pu­ta­do­res pes­soais com sis­tema o­pe­ra­ci­o­nal Windows que pos­sui diver­sas fun­ções es­sen­ciais para so­lu­ção de pro­blemas, manu­tenção e con­figu­ração dos pro­dutos abran­gidos, de for­ma que todo o tra­balho com­plexo seja reali­zado facil­mente, em tempo bas­tante curto, sem risco da intro­dução de efei­tos cola­terais que pode­riam afetar a perfor­mance do veí­culo e a segu­rança dos seus usuá­rios.

Veículo sendo diagnosticado. Um computador, executando o ServiceRanger4, está conectado ao veículo através de cabos, que vão até um conector existente no painel. Em destaque; posição da chave de ignição ligada, sem o arranque do motor.
ServiceRanger4 conectado ao veículo em diagnóstico

Conecta-se à todas as ECU’s insta­ladas no veí­culo atra­vés da rede CAN, obten­do o status, os códi­gos e a des­crição das falhas presen­tes no sis­tema. Se o compo­nente for Eaton, será pos­sível alte­rar as suas confi­gura­ções, atua­lizar o software insta­lado, emitir rela­tórios de falhas e moni­torar o veículo em tempo real.

Seus rela­tórios permi­tem fazer o espelha­mento das confi­gurações para poder restau­rá-las poste­riormente, permite manter o histó­rico das inter­venções pelas quais o veí­culo passou e fornece infor­mações vali­osas sobre a esta­tís­tica do modo de condução do veí­culo e como essa condução inter­fere com os produ­tos Eaton insta­lados, desse modo, instru­ções impor­tantes sobre a opera­ção poderão ser passadas aos moto­ristas cor­rigindo ou melho­rando a sua forma de opera­ção.

Transmissão UltraShiftPLUS em perpectiva, mostrando os componentes eletrônicos instalados: XY, ECU, Freio de Inércia e ECA.
Transmissão UltraShiftPLUS

O programa possui inter­face simples que permi­te ao usuá­rio inte­ragir com o sistema de forma intui­tiva, possibi­litando ação imediata na reso­lução de pro­blemas. Um guia de solu­ções, aces­sível através de um clique na própria descri­ção do proble­ma, fornece indi­cação do que deve ser ana­lisado e de que forma o proble­ma pode ser solu­cionado.

Para esta­belecer a comuni­cação com o veículo é neces­sário ter ou adqui­rir um escâner, ou adap­tador de comuni­cação, como os normal­mente utili­zados nesses tipos de diag­nósticos. Se você já traba­lha com motores Cummins poderá utili­zar o escâner que possui, desde que esteja na versão 6 ou mais recente. A página da Eaton na Internet fornece uma rela­ção de adapta­dores de comuni­cação homolo­gados pela empresa. A utili­zação de um adap­tador homo­logado é es­sencial para garan­tir o funcio­namento ade­quado do programa, assim como garan­tir que as inter­venções nos equipa­mentos eletrô­nicos sejam feitas da forma correta.

Adaptadores de comunicação existentes no mercado brasileiro: Inline 6 (Cummins), NexIq (SnapOn) e cabo de conexão Deutsch 9 e 6 pinos
Adaptadores de comunicação no mercado brasileiro

As li­cen­ças po­dem ser o­b­ti­das no si­te da Eaton e o seu custo varia conforme o tipo e a quanti­dade. Se você presta serviço de manu­tenção em trans­missões de veículos comer­ciais médios e pesaos essa fer­ramen­ta é impres­cindível ao seu negócio. Transmis­sões automa­tizadas são a tendên­cia no mercado e tudo indica que essa tecno­logia irá se expan­dir muito nos próximos anos.

  • ServiceRanger4 e UltraShiftPLUS são marcas registradas Eaton
  • InLine 6 é marca registrada Cummins
Sigsigmatas by Fco